sábado, 9 de fevereiro de 2008

Há com cada um...

Ora então, estava a Elle a comprar o bilhete na estação metro COLOMBO quando um fulano que nem 30anos devia ter, me tenta perguntar se lhe arranjo uns trocos.

Exactamente, ele até pode ter tentado pedir uns trocos, mas na realidade ele chegou ao pé de mim e exigiu: «Deixe o troco do bilhete!». Sério então e “se faz favor”, ou “agradecia-lhe”, já não se usa? Pensei eu comigo enquanto esperava que a máquina me desse o bilhete. Eu sei que há pessoas que não tem nada e que são obrigadas a pedir nas ruas, mas haja paciência, há mendigar e mendigar. Aliás já há um limite mínimo para esmola, fazem espectáculos nas carruagens do metro para depois cobrarem a sua moedinha, o que é engraçado porque para além de termos que “levar” com o barulho que eles nos proporcionam e ainda corremos o risco de ouvir uns piropos do género: «Facistas; Filha da P***; Cab***; etc., » porque não tínhamos e/ou não quisemos dar a esmola de .25centimos.
Evitado será dizer que não dei o troco, mas não dei apenas e porque o fulano foi arrogante e mal-educado. Se é para pedir, pelo menos (!) tenham o mínimo de simpatia.

«Temos que pedir muito para nos darem pouco»

Etiquetas: ,

1 Comentários:

Blogger Shining* disse...

gosto do novo look do blog :D

10 de fevereiro de 2008 às 18:52  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial